DÚVIDAS FREQUENTES

Tem alguma dúvida?
As perguntas mais frequentes foram listadas abaixo, assim como as suas respostas.

Caso ainda tenha alguma dúvida, entre em contato conosco!

Quais são os critérios para a minha receita ser aceita?

Todos os critérios para que uma receita possa ser aceita estão especificados aqui: Critérios de Aviamento de Receitas

Posso fazer um orçamento remoto, sem ir até a FARMACOPA?

Sim, porém é necessário que a receita seja enviada através de e-mail, fax (os telefones que podem ser encontrados na página dos endereços da FARMACOPA), ou então pelo nosso formulário de orçamento. Para enviar a receita, utilize um scanner ou tire uma foto da mesma, mas certifique-se de que a prescrição está legível.

Preciso continuar um tratamento com remédio controlado. Posso fazer com a mesma receita?

A manipulação de medicamentos sujeitos a controle especial só pode ser feita com a apresentação da receita especial (branca) ou a notificação de receita (receita azul), que devem ficar retidas na farmácia, conforme a portaria 344/98. Portanto, a receita é válida apenas uma vez, para a quantidade solicitada pelo médico.

Por quanto tempo minha receita é válida?

Cada tipo de receita tem uma validade. - Medicamentos controlados pela Portaria 344/98 (receituário especial - Tarja Vermelha e notificação de receita - Tarja Preta): 30 dias corridos a partir da data de emissão. - Antibióticos: 10 dias corridos a partir da data de emissão. - Demais prescrições: não existe uma norma que regulamente a validade da receita. No caso de doenças crônicas (cardíacas, reumáticas, entre outras) a orientação é de que a visita ao prescritor seja feita no máximo a cada 90 dias, quando o mesmo atualizará sua receita. O prescritor também pode informar a duração do tratamento, tornando a receita válida para o período informado.

Vocês fazem entrega de produtos?

Sim, fazemos entrega em domicilio nas áreas cobertas pelas nossas filiais. Para saber se o seu endereço está dentro dessa área, consulte a FARMACOPA mais próxima por telefone, e-mail ou pelo nosso formulário de atendimento. O serviço está sujeito à taxa de entrega. Obs.: Medicamentos controlados (portaria 344/98) devem ser retirados presencialmente.

O medicamento produzido em uma farmácia de manipulação tem o mesmo efeito do industrializado (de drogaria)?

Sim, os fármacos utilizados são os mesmos, o que diferencia é o modo como são produzidos. Medicamentos industrializados são feitos em larga escala, com doses padronizadas. Já os manipulados são feitos exclusivamente para aquele paciente, com a dose individualizada prescrita pelo médico. Não é necessário partir comprimidos, por exemplo, para se ter a dose necessária. Outro diferencial do medicamento manipulado é a sua forma de apresentação: existem várias não encontradas nos produtos industrializados, como por exemplo jujubas, supositórios, xaropes, gotas de chocolate... Alguns remédios descontinuados pela indústria farmacêutica também podem ser encontrados na FARMACOPA.

A FARMACOPA envia medicação e produtos para outras cidades/Estados?

Não, fazemos entregas apenas nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo, dentro da área de delivery de cada loja. Consulte a FARMACOPA mais próxima para mais informações.

No rótulo do produto diz que devo mantê-lo na geladeira. Por quê?

A temperatura ambiente, especialmente em determinadas estações do ano, pode danificar algumas substâncias. Portanto, para manter a qualidade do produto recomendamos preservá-lo em geladeira (mas nunca no congelador). Ao transportar o medicamento da farmácia para casa mantenha o frasco fechado, em local fresco, colocando no refrigerador assim que possível. É recomendável que aguarde o produto resfriar (até ficar com a mesma temperatura dos demais produtos da geladeira) para então abrir o produto.

A cor da cápsula mudou. O medicamento está certo?

A cor da cápsula utilizada não interfere no efeito terapêutico. O laboratório utiliza cápsulas de diversas cores, não há padronização por princípio ativo.

A receita do meu medicamento informa: tomar 1 cápsula e no rótulo diz “tomar 1 DOSE (2 CÁPSULAS)”. Por quê?

A divisão das doses prescritas está relacionada aos seguintes fatores: medicamentos cujas doses usuais são altas, ou associação de várias substâncias numa única cápsula. Nos dois casos, o volume final dos medicamentos prescritos pode ser maior que o tamanho da cápsula disponível. Assim, para respeitar a prescrição e para que o paciente tome o medicamento de forma correta é preciso dividir a dose em determinado número de cápsulas. Este é o motivo da quantidade cápsulas aviada ser maior do que a solicitada e da etiqueta informativa fixada no pote, que orienta sobre quantas cápsulas devem ser ingeridas para atingir a dose indicada na prescrição.

Por que vocês colocam algodão e/ou sílica dentro do frasco de medicamento?

A umidade do meio ambiente pode ser absorvida pelos medicamentos e danificá-los. Por isso é necessário o uso do algodão e do sachê de sílica para evitar que isso aconteça. Outra finalidade do algodão é evitar o atrito entre as cápsulas no espaço livre que fica dentro do frasco. Vale lembrar que o algodão e a sílica, apesar de não serem tóxicos, não devem ser ingeridos.

Posso tomar meus remédios com leite?

O ideal é sempre ingerir sua medicação com um copo de água. Tanto o leite como sucos (em especial os ricos em vitamina C) e refrigerantes não são recomendados pois podem alterar a eficácia do medicamento. O ideal são 200ml de água potável e sem gás.

Meu médico disse para eu tomar o medicamento nas refeições. Tomo antes ou depois? Qual a diferença?

Para alguns medicamentos é indiferente tomar antes ou após as refeições. Isto ocorre porque o alimento não interfere na eficácia do medicamento, nem na absorção dos nutrientes do alimento. No entanto, em casos especiais, o médico pode orientá-lo a tomar imediatamente antes, ou após se alimentar, por exemplo. No caso de dúvidas, consulte um de nossos farmacêuticos.

Tenho problema de estômago. É verdade que só posso usar cápsula incolor?

Os corantes adicionados a produtos farmacêuticos de uso sistêmico (oral) são atóxicos e farmacologicamente inativos. Não existem estudos clínicos comprobatórios de reações adversas aos corantes alimentícios e farmacêuticos. Porém, a exposição a corantes contidos em preparações farmacêuticas tem sido associada com reações de hipersensibilidade em pacientes susceptíveis.

Meu medicamento/produto está vencido. Posso utilizá-lo mesmo assim?

Não é recomendado que um produto vencido seja utilizado, ainda que seja um dermatocosmético (cremes, xampus, etc), pois seus componentes têm uma determinada vida útil. Após esse tempo, encerra-se a responsabilidade do prescritor e da farmácia quanto ao medicamento/produto.

Sinto os mesmo sintomas que um familiar. Posso tomar o medicamento feito para ele?

Mesmo que os sintomas sejam parecidos, a doença não é necessariamente a mesma. Os medicamentos prescritos para outra pessoa podem não fazer efeito ou até piorar o quadro apresentado. Evite a automedicação e procure orientação médica.

Estou tomando um medicamento, posso ingerir bebida alcóolica?

O uso do álcool associado ao de um medicamento pode potencializar ou diminuir o efeito deste. Usuários de antidepressivos ou calmantes, por exemplo, podem vir a sofrer uma sedação grave, depressão, alteração cardiovascular ou depressão respiratória e em alguns casos levá-lo ao coma. Outro exemplo são os anti-inflamatórios, que interagem com as bebidas alcoólicas podendo ocasionar ulcerações e hemorragias gástricas. Portanto, não misture álcool com qualquer medicamento.

Quero trabalhar na FARMACOPA, como devo proceder?

Envie seu currículo para uma unidade Farmacopa ou para o e-mail [email protected] Assim que houver uma vaga compatível com seu perfil, entraremos em contato.

Posso pedir cosméticos na FARMACOPA como xampu ou filtro solar sem ter receita médica?

Alguns produtos dermatocosméticos manipulados na FARMACOPA podem ser vendidos sem receita médica, como por exemplo: xampus, filtro solares, hidratantes corporais e tônicos faciais. Em caso de dúvida, procure um dos nossos farmacêuticos.

Posso encomendar um medicamento em farmácias de manipulação sem ter receita?

A manipulação de medicamentos só é feita com a apresentação de prescrição vinda de um profissional habilitado, para segurança do paciente.