A Hipertensão Arterial, popularmente chamada de “pressão alta”, é um problema comum na vida dos brasileiros. A rotina estressante e sedentária atrapalha nossa saúde de diversas formas e contribui para o aumento dos casos de hipertensão. A obesidade, muitas vezes decorrente desse estilo de vida, é um agravante, já que está intimamente associada a diagnósticos de diabetes e hipertensão.

Outro fator de risco é a idade, que aumenta junto com a prevalência da pressão alta. Na terceira idade, o índice de pacientes com hipertensão é de 60%, segundo a SBH. É importante também destacar que ela é responsável por 40% dos infartos e cerca de 80% dos casos de acidente vascular cerebral (AVC).

Distúrbios metabólicos e disfunções de diversos órgãos também podem levar a um quadro hipertensivo, além de hábitos como o tabagismo, abuso de álcool e excesso de sal nos alimentos.

O paciente com pressão alta deve sempre ter um acompanhamento médico, para avaliar a necessidade de medicação e/ou outros tratamentos associados. Mas é unânime entre os médicos que uma dieta regrada e a prática de atividades físicas ajudam a manter a pressão arterial sob controle.

Conheça alguns alimentos que ajudam no controle da hipertensão:

  • Grãos integrais: Aveia, arroz e cereais integrais em geral.
  • Carnes magras: Carnes com menos gordura e assadas, ao invés de fritas.
  • Vegetais: Liberados em grande quantidade, desde que sejam consumidos sem sal ou temperos industrializados.
  • Frutas: Além de ricas em vitaminas, seus açúcares ajudam a reduzir a quantidade de doces do cardápio.
  • Castanhas e leguminosas: Feijões, ervilhas, castanhas e nozes têm gorduras boas que ajudam a suprir as necessidades do corpo.
  • Alho: Além de ajudar a reduzir a pressão, é um ótimo tempero para “disfarçar” a redução do sal nos alimentos.
  • Chocolate amargo: Nas preparações com mais de 70% de cacau, contém antioxidantes e pode substituir a sobremesa.

Fique atento! Alguns alimentos são ‘vilões’ na dieta de quem tem hipertensão:

  • Sal: É o que mais deve ser evitado por hipertensos. Fique de olho, pois alimentos industrializados, como enlatados, congelados e embutidos, possuem muito sódio em sua composição.
  • Molhos prontos: Além do alto teor de sódio, possuem muitos conservantes e saborizantes que podem aumentar a pressão arterial.
  • Café: A cafeína estimula o sistema nervoso central, contribuindo para picos hipertensivos perigosos. Outras bebidas ricas em cafeína também devem ser evitadas.
  • Álcool: Também pode causar picos hipertensivos, além de alterações hepáticas e outros problemas ligados ao alcoolismo.

* Dia 26 de abril é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial. Anualmente, quase 300 mil pessoas morrem no Brasil de doenças cardiovasculares e mais da metade dessas patologias são em virtude de pressão alta, de acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH).